Sustentabilidade



Eu tive a oportunidade de visitar o Ateliê da Rede Asta, que é um organização social que tem o objetivo de gerenciar grupos de produtores de artesanato que vivem em comunidades cariocas, transformando a vida e o trabalho desses produtores! O objetivo do pessoal da Rede Asta é inserir uma visão empresarial para fazer com que o produto produzido por aquele grupo fique melhor, mais vendável e interessante para o consumidor final, portanto eles criam projetos, em parceria com empresas, focados na geração de renda, mobilizando essa cadeia produtiva e inserindo a mulher no mundo do empreendedorismo!

No dia que visitei o Ateliê tive a oportunidade de conhecer um pouco mais da história da artesã Lucia, uma das mulheres que faz parte do grupo Fuxicarte, e entender como que a Rede Asta conseguiu mudar a vida dela… Antes uma moça que dependia do marido para tudo, hoje é uma mulher que devido ao seu trabalho conquistou a independência financeira! É emocionante…



São tantos produtos, tantas coisas lindas que a vontade que temos é de sair comprando tudo! Tem bolsas, utensílios para cozinha, enfeites, as mais diversas e diferentes almofadas, organizadores de bolsa, porta copo, cadernos, roupa de cama… a variedade é imensa! Eu saí de lá com um caminho de mesa (para meu enxoval) e ainda ganhei um porta controle remoto de sofá (que uso na minha cama)!

Hoje a Rede Asta apóia 70 Grupos produtivos, cada grupo tem a sua maneira e material de trabalhar, clique aqui para conhecer melhor cada um deles e se encantar!

Todos os produtos podem ser comprados online pela loja virtual, e são ótimas opções para dar de presente (o Natal está chegando, hein)! Além de apoiar uma causa tão linda como é a Rede Asta, você ainda está dando um presente original, sustentável e único!

Conheça a Rede Asta e apóie essa causa maravilhosa:
SiteFacebook

Arquivado em Pessoal, Sustentabilidade - por

Estamos no meio da Semana do Otimismo que Transforma! Esse ano é a quinta edição, que para quem não sabe como funciona é assim: durante essa semana todo produto da marca Coca-Cola Brasil que for vendido gera uma doação para o projeto de reciclagem do Instituto Cola-Cola Brasil. No ano passado foram doados 5,5 milhões de reais, e esse ano a meta é que esse valor aumente!

Para comemorar essa semana, na segunda-feira fui com outros Blogueiros participantes do Projeto Viva Positivamente, vivenciar mais essa história da reciclagem, e ver como tudo funciona. Pela manhã nos encontramos com o Tião Santos, protagonista do documentário Lixo Extraordinário de Vik Muniz, e também presidente da Associação dos Catadores do Jardim Gramacho.

O Tião é uma pessoa incrível e admirável… ficamos em torno de 2h batendo papo com ele, e só paramos porque ele já tinha compromisso marcado, caso contrário teríamos ficado ali a tarde inteira, conhecendo mais sobre a história dele, sabendo como funciona o Lixão de Gramacho, a diferença que faz ter uma associação de catadores etc.

Na parte da tarde partimos para a Cidade de Deus, para conhecer o grupo artesanal Criando Arte, que é um dos grupos que faz parte do Projeto Asta+Coletivo Coca-Cola.

Quem deu início ao grupo foi a Lea, ela e sua família usam o artesanato para preencher a vida com muito mais arte. Os trabalhos feitos por eles utiliza a técnica do PET trançado para produzir bolsas, sacolas, jogos americanos e muitas outras coisas… ou seja, reciclam o que para você é lixo e transformam em lindas peças que voltam ao mercado!

“Com a parceria do Coletivo Coca-Cola e da Rede Asta, quero expandir meu grupo e poder ajudar mais pessoas na comunidade”, planeja Lea.

Todo o trabalho é feito em um terraço, na casa da própria Lea. Eles compram PET em bom estado, utilizam um cortador que o marido da Lea desenvolveu para cortar as tiras do PET, lavam, colocam para secar, depois lixam para poder começar a fazer o trabalho. Para colorir as tiras eles usam lápis cera.


Eu fiquei encantada com o trabalho da Criando Arte! Amei as clutches, os cachepot, vasos para plantas… E junto com a Asta e o Coletivo Coca-Cola esse grupo, e outros que também tem o apoio dessas empresas, só tendem a crescer, ficarem mais conhecidos e divulgar o trabalho lindo que fazem reciclando materiais!

E você não deixe de participar da Semana Otimismo que Transforma, e vá conheça melhor o Asta+Coletivo Coca-Cola visitando o Site: http://www.asta.org.br/coletivo-coca-cola.html. Lá tem peças artesanais lindas e todas podem ser compradas pelo site.

Fotos de Claudia Midori/Otagai

Arquivado em Dicas, Estética, Sustentabilidade - por

Quem me conhece sabe que eu sou uma pessoa que pensa em um futuro melhor, ou seja, busco economizar água, reciclar o lixo e também dou preferencia a produtos ecologicamente corretos. E quando recebi o e-mail da assessoria da Empório Body Store com a novidade das Máscaras de Argila, não pensei duas vezes na hora de vir compartilhar a informação.

A novidade é a Linha Facial Artesanal, a primeira da marca exclusivamente desenvolvida para cuidados com o rosto. Composta por gel de limpeza facial, máscaras de argila para diversos tipos de pele e esponja facial essa linha vem com o selo Eco, que significa que ela tem uma formulação amigável à saúde e ao meio-ambiente! São produtos sem fragrância, corantes e parabenos.

São cinco máscaras produzidas com matéria prima ecocertificada. Todas as variações foram pensadas para atender às diferentes tipos de pele, afinal cada tipo tem particularidades e precisa de cuidados específicos.

Máscara Argila Verde Adstringente – Indicada para peles com tendência à oleosidade. Rica em zinco e cobre, a argila Verde controla a oleosidade da pele, absorvendo o excesso sem ressecar. Identifica-se a redução imediata da oleosidade após a aplicação da máscara.

Máscara Argila Amarela Revitalizante – Indicada para peles maduras. A argila Amarela é rica em potássio, que, por sua vez, estimula a circulação sanguínea da face. A aplicação da máscara garante maior elasticidade da pele, proporcionando maior vitalidade. Por ter ação antioxidante, combate os radicais livres e retarda o envelhecimento cutâneo, tornando a pele saudável e luminosa.

Máscara Argila Preta Hidratante – Indicada para todos os tipos de pele, inclusive a masculina, a argila Lama Negra é uma riquíssima fonte de minerais. A utilização desta máscara proporciona à pele uma hidratação natural sem deixá-la oleosa. O resultado é uma pele de aparência vistosa e jovial. Além disso, ela estimula a circulação sanguínea periférica acelerando a renovação celular.

Máscara Argila Vermelha Nutritiva – Indicada para peles ressecadas, a argila Vermelha repõe os minerais naturais da pele, limpado-a, ao mesmo tempo em que estimula a circulação sanguínea. Sua aplicação garante pele luminosa, com aspecto jovial e, principalmente, saudável. Por ter ação nutritiva, ela hidrata a pele.

Máscara Argila Branca Tonalizante – Indicada para peles que não possuem coloração uniforme, a máscara de argila branca é enriquecida com extrato de Uva Urse e, juntos, os ingredientes uniformizam a tonalidade da pele. Logo após o uso, a pele fica mais lisa e homogênea, com uma aparência muito mais saudável.

Gel de limpeza – Proporciona uma agradável sensação de limpeza e frescor. Ideal para limpar o rosto de forma suave após a utilização da argila, preparando-a para hidratação. Formulado com fragrância de Gardênia, possui concentrado poder de espuma. Livre de parabenos, assim como toda a linha, o gel pode ser usado com o auxílio da esponja facial.

Esponja Facial – Indicada para todos os tipos de pele, a esponja é ideal para limpeza e esfoliação.

Os efeitos das máscaras de argila podem ser sentidos logo após o uso. Para potencializar sua absorção, é indicada a aplicação do produto que atende suas necessidades à noite, após o banho, proporcionando uma limpeza profunda da pele e alto poder de hidratação. Elas ainda ajudam a relaxar e eliminar o ar de cansaço do rosto após um dia exaustivo.

PREÇOS:

  • Kit com Gel de Limpeza Facial, Máscara de Argila e Esponja: R$ 119,90
  • Máscaras Faciais (cada): R$ 89,00
  • Gel de Limpeza: R$ 26,90
  • Esponja Facial: R$ 10,50

Alguém aqui já usa máscaras de argila? Comentem falando o que acharam.