Arquivado em Dicas, Esmalte, Estética - por

Diversos fatores contribuem para deixar as unhas feias, fracas e suscetíveis à quebra. Falta de cuidados básicos, uso diário de produtos químicos, muito contato com água, sujeira dentre outros contribuem para o enfraquecimento, ressecamento, e muitas vezes a quebra.

Já parou para pensar no que você sente ao ver uma pessoa com unhas longas porém sem esmalte e sujas? O aspecto que uma unha mal cuidada passa aos outros é de desleixo e muitas vezes até nojo, e pasme, uma unha pode inclusive influenciar em uma entrevista de emprego!

cuidado-unhas-linda-rosa-esmalte

Para te ajudar a manter as unhas lindas e saudáveis, compartilho 5 dicas dadas pela podóloga Maria Lúcia Martins Leandro, que ajudarão a manter as suas unhas impecáveis. Você só vai precisar de alguns minutos em sua rotina de beleza.

1 – Apare e lixe bem suas unhas dos pés e das mãos
As unhas devem ser mantidas sempre aparadas para evitar o acúmulo de resíduos. As das mãos devem ser lixadas em formato oval. Já as unhas dos pés precisam de um corte reto e limpo, em forma quadrada. Na hora de cortar, evite deixar bordas irregulares ou com pontas e tente deixar um ou dois milímetros (no mínimo) por cima do dedo. É fundamental não cortar os cantos das unhas, pois se muito curtas podem crescer dentro da pele, causando o que conhecemos como unhas encravadas. Segundo a consultora, deve-se evitar lixar a parte de cima, que pode ser prejudicial por retirar a camada natural de queratina, deixando as unhas mais frágeis, quebradiças e finas.

2 – Aplique hidratante
As unhas sofrem impactos – digitação constante, uso de smartphones, atividades diárias, lavagens constantes, contato com produtos químicos, sapatos apertados – que prejudicam a camada natural de proteção e causam quebras e ressecamentos. Assim como a pele, elas precisam de hidratação. Por isso, aposte nos hidratantes para mãos e pés e lembre-se de incluir as unhas na aplicação. Como prevenção de ressecamento nas mãos, é recomendável aplicar hidratante a cada lavagem de mãos, quando elas estiverem já secas. Nos pés, existem produtos específicos para eles, como creme reparador e espuma hidratante. No entanto, no caso dos pés, é fundamental nunca passar hidratante nas regiões interdigitais, pois a umidade pode causar o surgimento de micoses (como pé de atleta ou frieiras). E uma vez ao mês, a especialista recomenda a esfoliação seguida de uma hidratação mais intensa.

3 – Passe cera nutritiva nas cutículas
Existem produtos específicos para a hidratação das unhas, como é o caso da cera nutritiva. É uma boa alternativa para evitar o ressecamento das cutículas, pois hidrata as unhas sem deixar as mãos com aspecto oleoso e pode ser aplicada por cima de unhas ao natural, com base ou esmaltadas. Maria Lúcia indica aplicar óleo de cravo diariamente e fazer uma leve massagem nas unhas, para melhor absorção. Esse cuidado evita a formação daqueles “cantinhos” chatos que machucam e ainda podem inflamar.

4 – Use base fortalecedora
Essa dica é especialmente útil para quem sofre com unhas fracas, já que a base ajuda a prevenir a descamação e o aspecto quebradiço. De acordo com a especialista, deve ser passada antes do esmalte, para ficar em contato direto com as unhas.

5 – Alterne esmaltes claros e escuros
Os tons mais escuros contribuem para deixar as unhas amareladas. Para prevenir esse problema, vale alternar a aplicação de cores claras e escuras. O uso de bases impermeabilizantes para unhas também ajuda a evitar o amarelamento. É indicado ainda dar ao menos 2 dias de folga entre uma esmaltação e outra, para que as unhas se recuperem dos componentes químicos dos esmaltes. “Caso contrário, elas podem ressecar e quebrar com mais facilidade”, explica a consultora. Com relação ao esmalte nas unhas dos pés, o uso não é recomendado caso a pessoa esteja tratando problemas como micoses, pois além de abafar e criar um ambiente propício ao desenvolvimento do fungo, o esmalte dificulta a penetração de medicamentos tópicos. Durante tratamentos desse tipo, o ideal é usar somente esmaltes anti-micóticos nas unhas.

É muito importante ficar de olho na saúde das suas unhas pois, mesmo adotando todos esses cuidados, se você notar qualquer alteração no aspecto delas, como as pontas descamando, aparecimento de manchas, descolamento ou espessamento das unhas, é importante que procure um dermatologista para uma avaliação precisa.

Lembrando também que o melhor profissional para cuidar das unhas dos pés é um podólogo, pois ele tem certificações que o tornam especialista no assunto, sem contar que é super indicado para qualquer pessoa.

Beijos!

(Essas dicas foram enviadas pela Netfarma e publicadas gratuitamente.)

Comentar

                           

* Campo requerido

3 comentários

  1. 1

    Chell

    28.agosto.2015

    Responder

    A minha é SUPER fraca e não cresce muito. Já tentei de tudo nessa vida, até vitaminas =/

    Roí as unhas por muito tempo, acho que isso detonou, mas sei que genética influencia, e minha mãe tb tem esse problema.

  2. 2

    Neli Carpinter

    28.agosto.2015

    Responder

    Oi Dafne!
    Fiquei feliz de ver que voltou a postar depois de uma breve pausa.
    Eu tive um problema sério nas minhas unhas por causa de manicure. Atualmente eu mesma cuido delas e sigo quase tudo que você colocou ai no post. Uso bastante os produtos da linha rosa de uma marca bem popular e eles dão excelentes resultados. Estou tentando parar de tirar as cutículas, mas ainda não consegui.
    Outra coisa que não consigo é ficar sem tirar os cantinhos das unhas dos pés, pois elas são encravadas por natureza, então se não tiro, não consigo calçar nada fechado, mas quem sabe um dia neh?

    Bjus

  3. 3

    Soraya

    08.novembro.2016

    Responder

    Não tenho o hábito de pintar as unhas dos pés e só os faço na podóloga, agora a mão me acostumei a fazer tudo de luvas hj em dia tem aquelas apropriadas para cada tipo de tarefa de casa. As unha ficam lindas e a esmaltação dura muito.