Tudo sobre Micose – Como prevenir e tratar

O assunto “unhas” está em evidência, por isso resolvi fazer esse post para ajudar e tirar as dúvidas de muitas pessoas, que podem estar fazendo algum procedimento errado ou até mesmo ter pego alguma micose no salão.

Hoje o assunto será micose! Embora tenham as mesmas causas, as micoses de unha e de pele diferem em importantes aspectos, como sintomas e tipo de tratamento, por isso o post de hoje terá a participação do Dr. Nilton Di Chiacchio, doutor em dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo) e chefe da Clínica de Dermatologia do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo. Ele respondeu algumas perguntas e vai esclarecer as diferenças entre os dois tipos de micose e também dar dicas para a prevenção desta doença.

Qual é a causa das micoses?
Dr. Nilton Di Chiacchio – A onicomicose, ou micose de unha, e as micoses de pele são causadas por fungos dermatófitos e leveduras, sendo que os tipos de fungos são praticamente os mesmos nos dois casos.

Quais são os sintomas em cada um dos tipos de micose?
Dr. Nilton Di Chiacchio - Na pele a micose provoca manchas e algumas vezes coceira e descamação, enquanto a onicomicose é assintomática e só é percebida por causar deformidades, prejudicando a aparência das unhas.

Qual o tratamento indicado a cada tipo de micose?
Dr. Nilton Di Chiacchio – As micoses de pele devem ser tratadas com cremes, pomadas ou loções e o tratamento dura de 15 a 30 dias. Como a epiderme se renova em apenas 28 dias, a eliminação do fungo é mais rápida.

Já o tratamento da micose de unha deve ser feito com o uso de esmalte terapêutico, associado ou não a medicamentos orais. O esmalte é o único tratamento tópico eficaz, pois o acesso ao local é mais difícil e os cremes ou pomadas não penetram nas camadas da unha. O tempo de tratamento da onicomicose também é diferente. Como crescimento da unha é mais lento, cerca de oito meses para unhas dos pés e quatro meses para mãos, quando o fungo atinge a matriz, o tratamento leva em média 11 meses para pés e seis para mãos.

O que facilita o surgimento de micoses nas unhas?
Dr. Nilton Di Chiacchio – Nas unhas das mãos as micoses costumam surgir quando há muito contato com água e sabão ou quando a unha passou por um procedimento de manicure muito agressivo, que provoca lesões, facilitando a entrada do fungo. Algumas situações que provocam traumas constantes, como a digitação, também facilitam o descolamento da unha e a entrada do fungo.

Nos pés, a incidência da onicomicose é maior em decorrência do uso de calçados fechados, que criam um ambiente úmido e quente. Batidas e pressão nos pés também podem descolar as unhas, principalmente em práticas esportivas.

A micose de unha pode ser transmitida de uma pessoa para outra?
Dr. Nilton Di Chiacchio – Sim. A transmissão ocorre pelo contato com o fungo, seja pelo uso de uma mesmo calçado, contato com objetos ou água contaminada. No entanto, algumas pessoas têm uma deficiência imunológica específica contra fungos e estão mais predispostas a manifestarem a doença.

Por que a incidência das micoses é maior no verão?
Dr. Nilton Di Chiacchio – O clima quente propicia um aumento da sudorese, além de estimular as pessoas a frequentarem lugares como piscinas e praias. A beirada da piscina é um local de grande contaminação por fungos, por causa da circulação de pessoas descalças e da umidade. Dentro da piscina a água costuma ser tratada, mas ao seu redor fica mais quente e parada.

O que as pessoas devem fazer ao perceberem alterações na aparência das unhas?
Dr. Nilton Di Chiacchio – O primeiro passo é procurar um dermatologista. Se o diagnóstico for de onicomicose, o especialista avaliará o grau de comprometimento da unha para a indicação do tratamento. Quando há o comprometimento de menos de 50% da unha, indica-se a monoterapia com o uso de tratamento tópico, ou seja, o esmalte terapêutico. A partir de 50% de comprometimento deve-se fazer a associação do esmalte com um medicamento sistêmico, via oral.

Como saber se a unha está livre da doença?
Dr. Nilton Di Chiacchio - A melhora clínica é percebida pela aparência da unha, quando ela está perfeita, mas para constatar a cura micológica é necessária a realização de exame laboratorial. Normalmente, quando a pessoa faz o tratamento corretamente, seguindo a orientação do especialista, não é necessário fazer nenhum exame, pois a eficácia é garantida.

O Dr. Nilton Di Chiacchio dá dicas para evitar a micose de unha:
- Manter as unhas sempre secas.
- Evitar traumas e lesões nas cutículas. Usar sapatos muito apertados ou muito largos pode prensar os dedos ou provocar movimentos, batendo a unha no calçado.
- Evitar o uso de sapatos fechados por períodos prolongados.
- Não usar o mesmo sapato em dias seguidos. Algumas pessoas usam muito o mesmo tênis, que é um calçado muito abafado e facilita a umidade nos pés. O ideal é deixar o calçado ao ar livre sempre que for usado e higienizá-lo corretamente.
- Fazer a higiene correta dos pés, secar bem e usar talcos antifúngicos. Uma dica é utilizar o secador de cabelo.
- Se uma pessoa tem micose, mesmo estando em tratamento, o sapato fica contaminado e o fungo tem condições de se proliferar, por isso é importante não usar o mesmo sapato sem fazer a higiene adequada.
- A micose de unha é rotina para esportistas (jogadores de basquete, futebol, tênis e outros esportes em que há muitas “freadas” com os pés) por causa dos traumas, que descolam a unha e abrem uma porta para os fungos. Por isso esportistas sempre tem um nível de incidência de onicomicose maior que o restante da população.
- Mulheres devem evitar o uso constante de sapatos de salto alto e bico fino, que comprimem os dedos e as unhas por causa do estreitamento no formato.
- Algumas pessoas ficam com meia o dia todo, mesmo quando estão sem sapato. É importante deixar o pé respirar.

………………………………………………………………………………………………………………………

Não vou citar nenhum nome de medicamentos para tratamento de micoses, pois isso deve ser feito pelo seu médico dermatologista. Se você acha que está com alguma manchinha, ou alguma diferença na pele, marque uma consulta com o seu dermatologista e tire as suas dúvidas, se for o caso ele irá receitar algum medicamente para o seu tratamento.

By Dafne on 01/04/2011 · Posted in Dicas, Estética

19 Comments | Post Comment

Óculos de Sol says:

Post muito bom. Gostei muito!

Posted on April 1st, 2011

Thamires says:

olá…. muito interessante faalr sobr eisso em um blog… vejo muitas pessoas falando sobre tendências de esmaltes e outras coisas…. mas problemas em unhas e micose NUNCA!! parabéns.. isso é que os blogs deveriam ser acostumados de fazre umja vez ou outra…PRESTAR UM SERVIÇO PUBLICO!! parabéns…

Posted on April 2nd, 2011

Ariane says:

Parabéns, Dafne. Está tão na moda blogar sobre esmaltes e unhas que algumas esqueceram de debatera respeito de alguns riscos e doenças comuns. Seu post ficou perfeito e servirá como serviço de utilidade bloguística, sem dúvida. Bjão flor.

Posted on April 3rd, 2011

Vany says:

Dicas preciosas flor….!!!

Posted on April 3rd, 2011

May says:

Ótimas dicas…bom ficar sabendo disso td…bjos tenha uma ótima semana!!

Posted on April 4th, 2011

Hanny Meire says:

Tenho uma amiga que perdeu as duas unhas do dedão do pé porque pegou micose na pedicure. Um horror !

Posted on April 7th, 2011

luana says:

e muito bom e mim ajudou a resolver a minha duvita

Posted on August 30th, 2012

Dafne says:

Fico feliz em poder te ajudar Luana!
Beijos

Posted on September 1st, 2012

DINAIR OLIVEIRA DA SILVA says:

GOSTEI MUITO DESTA INFORMAÇÃO. MUITO OBRIGADA!

Posted on September 4th, 2012

maria das dores garces says:

o que fazer com a micose na mao e no pe esta muito feio o meu nome e emerson

Posted on September 18th, 2012

maria das dores garces says:

fico muito feliz se meder a resposta urgente rapido por favor espero a resposta obrigado

Posted on September 18th, 2012

Dafne says:

Oi Emerson, eu não sou especialista no assunto, não sei qual tratamento te indicar. A melhor solução é procurar um dermatologista que vai analisar o seu caso e te indicar o melhor tratamento.
Beijos

Posted on September 19th, 2012

cut cut says:

q porra é essa

Posted on September 24th, 2012

juliana áurea says:

qual o esmalte mais utilizado no tratamento de onicomicose nas unhas das mãos?

Posted on November 19th, 2012

Ana Vaneska says:

Minha cara, obrigada pela sua matéria, quer dizer, pela entrevista que vc postou. Quero tirar uma dúvida com vc: está, acho, crescendo carne debaixo de algumas unhas das minhas mãos, em especial no mindinho e no outro que fica ao lado dele. Isso é alguma espécie de micose?

Obrigada!
Ana Vaneska.

Posted on January 20th, 2013

tatiane says:

Estou com 3 dedos da mão com micose nao sei o que fazer a unha está se descamnado toda está horrivel, o que posso fazer?
Acho que a solução mesmo é procurar um dermatologista para analisar né?

Posted on May 6th, 2013

Dafne says:

Oi Tatiane,
é a melhor opção mesmo! O Dermatologista vai saber qual é o melhor tratamento para te indicar.
Beijos

Posted on May 6th, 2013

julia says:

(lol)

Posted on May 15th, 2013

Vitória Marília says:

Legal… mas meu tipo de micose é o de pele , me ajudem deem-me dicas de como tirar por favor, meus pais estão sem dinheiro pra me levar ao dermatologista e eu tenho 10 anos ! estou com uma micose na pele que está se espalhando pelo corpo e isso já está fazendo 2 meses e eu estou usando pomadas para esse tipo de micose e nada de dar resultado POR FAVOR ME AJUDEM É URGENTE !

Posted on July 14th, 2013